1 de julho de 2011

Ao irresistível quem pode resistir?

E quando eu me calo,
e me faço de séria,
sem sorriso algum,
muda,
expressão dura,
cara de brava...

...Vem você e me desmancha toda com apenas um sorriso, e eu simplesmente não resisto você, me derreto toda, feito criança que acabou de ganhar um doce ou um brinquedo, feito boba, e eu sou mesmo abobalhada por você.  Mas afinal, ao irresistível quem pode resistir?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar (: